O sequestro da abóbora

Texto de Fabiana Pedroni

 

Desculpe.

— Não comece um texto pedindo desculpas, isso pode enfraquecê-lo.

Desculpe-me, mais uma vez, então.

— Desisto de você.

Desc…

abóbora

QUEM COMEU MINHA ABÓBORA. FOTOGRAFIA, FABIANA PEDRONI, 2020.

 

Eu não queria começar o texto com um pedido, nem que alguém desistisse. Não queria começar um texto com uma imagem tão repulsiva, mas não pude evitar. A angústia de ver uma memória tão aguardada ser comida, desabou a escritora que há em mim. Tento me redimir por fazê-los ver as entranhas de uma vontade. Somente hoje percebi que eu aguardava 21 anos para poder colher a abóbora plantada na terra de minha infância. Tanto tempo esperado, a colheita seria um presente. Como é possível não perceber a inquietude de uma espera dessa dimensão? Some às desculpas. Semeei, não pude regar, a chuva acolheu, os pássaros insistiram, protegeram as flores dos insetos, e ela nasceu. Colhida, ainda aguardou 7 dias. Cortada, foi direto para o lixo de uma cidade hostil. Os bichos que na carne da abóbora cresciam, certamente seriam apreciados pelos mesmos pássaros que a protegeram. Eu, idiota, a sequestrei do seu ninho. Tudo confluía para um investimento que eu sabotei. Diferente da natureza, não fui observadora, não vi os detalhes das manchas brancas em sua casca. Os vermes já estavam ali, fartos, e os pássaros, decepcionados.

Desculpe-me pelo registro de uma memória que não deveria ser inocentemente resgatada. Memórias não se resgatam, se reconstroem em novas experiências. Façamos memórias. Pode ser brega, mas é o pensamento que me move em dias estranhos. Desculpe-me pela abóbora sequestrada, desculpe-me pelo tempo usurpado, desculpe-me, vô, pelo presente embichado.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s